quarta-feira, 14 de julho de 2010

Dois

Degas
Beijo teus cabelos
Um sopro de vida rege nosso tempo.
Afago sonhos profundos em sono teu
Agora nossos.
Toco tua face cansada
Desperto ao teu lado
Teus olhos abertos sorriem para mim:
Bom dia, amor.
Sinto a vida que chega
como o dia que nasce no agora.
Estou amando.


                                                Carolina Morais

15 comentários:

Márcio Vandré disse...

Que o sopro continue regenerando a vida.
Sem mais.
Um beijo!

Lara Amaral disse...

Lindo poema! E como eu adoro Edgar Degas!

Beijos.

Sil.. disse...

E que o amor se faça!!

Bom diaaaaaaa, minha linda!!!
Bom passar aqui pela manhã e pegar um "cadim" dessa energia tão boa que você tem!

Um abração meu!!!

A.S. disse...

Carol...

Ah! Que delicioso amanhecer...


BeijOOO
AL

Lívia disse...

Carol, achei liiiindo seu poema. Vou voltar por aqui mais vezes pra ler mais dos teus sonhos.

Beijão!

Lívia
FlyIns

Sil.. disse...

Carollllllllllllll, lindaaa minha!

Eu estou bem, tocando, aprendendo a cada dia tantas coisas.
A cada amanhecer, um novo aprendizado.
Mas te confesso, que meu dia fica sempre melhor quando vc aparece, e deixa ali (Como na minha vida), a sua luz, suas palavras sábias que tanto me ajudam. Sem contar o seu astral, a energia tão boa.
Você é uma queridaaaaaaaaa, menina.

Essencial pra mim.
Uma amiga, que nunca deixo de agradecer a Deus.
E lindaaaaaaaaaaaaa eu?? Ahhh, tá se olhando no espelho éééé??? hehehehe.
Linda é você!

E eu te adoroooooooooooo!

Carol Morais disse...

Márcio,
para todo o sempre!

Carol Morais disse...

Lara,
também gosto bastante! Principalmente os quadros de bailarinas. Tão lindos e sutis.

Carol Morais disse...

Sil,
eu que adoro tua visita. O jeito que você escreve é tão pra cima. Eu fico imaginando como deve ser a sua voz! =)
Acho que todo dia a gente acaba aprendendo alguma coisa né? E, sem saber, a gente ensina algo a alguém. É fantástico!

Um super beijo e um ótimo dia pra você,amada!

Carol Morais disse...

AL,
É divino se acordar assim...É a certeza da boa noite no dia que nasce.
Um beijo

Carol Morais disse...

Livinha,
volte sempre. Será um prazer imenso! Já foi um prazer imenso você visitar aqui. Um super beijo, adoro você!
;*

Martini Bianco disse...

Uma poesia curta, simples e bela ao som do espanta-espíritos dá um toque especial a este lugar. Tão simples mas tão genuíno!

Parabéns

Beijos

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Ô meu amor.... como pode alguém não te amar de paixão?

Tudo que vc escreve tem o dom de alegrar meu coração.
E vc escreve muito bem...sabia?

um poeta, quem diria!

PV:tzoak
TRAD: não tô zoando não!

Carol Morais disse...

Martini,
O espaço é bom porque pessoas como você o frequentam! Obrigada, de verdade, pela sua presença!
Um beijo

Carol Morais disse...

Wal, que honra ouvir isso de você! Hoje eu não durmo mais! rsrs

Obrigada por tudo
beijos