domingo, 1 de maio de 2011

2 Anos

Romero Britto. First Love,2008.

A menina aceitou o convite do rapaz que há tempos não vira.
Ele a buscou em casa, saíram para dançar. Tudo parecia igual a tudo ao que ela estava acostumada. Não se envolver parecia certo. Tomaram um chopp, dois. Ao som de rock bom eles dançaram por toda a noite. Um beijo selou um encontro sem planos. A partir daquele momento o destino parecia sorrir para eles. Era um  gostar, um precisar, um querer, um sentir e, por fim, um amar. E, durante tanto tempo um amor que se solidifica e cresce. Um amor diferente. Um amor juvenil, mas verdadeiro e experiente. Simplesmente amor que vem de dentro deles.

Carolina Morais

8 comentários:

Arnoldo Pimentel disse...

O amor nasce na hora que menos esperamos, beijos.

Luis Hohmann disse...

Este tipo de amor que cresce assim de vagarzinho, cria raízes profundas e se torna forte, sendo quase indestrutível...
Parabéns...

Beatriz Amorim disse...

É tão bom quando o amor nasce assim. de surpresa e sem pressa. (:
Um ótima semana, flor!
beijinhos

Michele P. disse...

"Um amor tranqüilo, com sabor de fruta mordida."

Carol
Teus textos possuem uma aura de beleza, sensibilidade e doçura que eu adoro. Bom domingo!
Bjs
:)

Fernand's disse...

tudo a seu tempo.



:D

bjsmeus

O Profeta disse...

Fiz magia com todas as cores que tinha
Fiz aparecer na tela um tocador
Pintei-lhe um violoncelo a preceito
Mas ele não sabia tocar uma música de amor…

O amor nunca acontece sem amor
Esta coisa do amor será fantasia?
Será uma noite vestida de nostalgia?
Será planta envergonhada que floresce ao fim do dia?

Seja o que for, tem o nome de amor
Acho bem que seja assim
Há quem diga que se enraíza para sempre
E floresce como planta de alecrim


Terno beijo

disse...

Hummm.... como um primeiro encontro é gostoso de ser lembrado quando tudo dá certo no final.
Adoro primeiros encontros!!!
rsrsrs

Beijoss

Nilson Barcelli disse...

O amor é simples, ao fim e ao cabo.
Tão simples... tal e qual como o descreveste... gostei.
Muitas felicidades para a menina...
Um abraço grande.