sábado, 25 de dezembro de 2010

Tempos

Mesmo que não haja tempo
ou resto de vida
Se não houver um relógio que me prenda
Ou um calendário que me envelheça
Meu tempo é a eternidade refletida no meu amanhã.

The playing Claude Renoir
Pierre-Auguste Renoir



Carolina Morais

5 comentários:

Machado de Carlos disse...

Obrigado pelo seu carinho!
Procuro sempre escrever com os dedos do coração.
Realmente o tempo não pára de marcar, mas sabemos que existe a eternidade pela frente.
E temos que criar em tempo real a base para que o porvir chegue sempre da melhor maneira possível.
Um Grande Abraço e, ainda Um Feliz Natal.

Michele P. disse...

Meu tempo é sempre amanhã...


Lindo, lindo.

Beijos Carol

Pérola disse...

Nossa amada seu texto miúdo fortalece qualquer ser humano.
Meus parabénssssssssssssss.
Vim te deixar o meu beijo.
Como foi seu Natal?
Beijokas mil.

Evanir disse...

A cada dia de nossa vida,
aprendemos com nossos
erros ou nossas vitórias,
o importante é saber que
todos os dias vivemos algo novo.
Que o novo ano que se inicia,
possamos viver intensamente
cada momento com muita paz e esperança,
pois a vida é uma dádiva e cada
instante é uma benção de Deus .
Te agradeço por seu carinho.
E convido a entrar nos seguidores do Fonte.
Na troca de endereço perdi todos seguidores.
Um beijo no coração,Evanir.
Te Amo.Te Amo.
www.fonte-amor.zip.net

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

e nesse amanhã, quero estar junto de vc....

fique bem minha querida, fique bem. beije sua família por mim, suas flores, seus amores, seus sonhos.
te adoro